O tratamento inicial recomendado para corrigir os fatores de risco e evitar o aparecimento das doenças degenerativas que podem evoluir para complicações cardiovasculares, como a hipertensão arterial, o diabete tipo II e o nível elevado de colesterol ruim (o LDL-col) é a mudança do estilo de vida.
A correção recomendada nos hábitos alimentares passa pela diminuição do consumo de gorduras e do sal, enfatizando a prática de exercícios físicos moderados regulares. Uma necessária avaliação médica prévia atrasa o aparecimento da aterosclerose, reduzindo o risco de problemas das coronárias como angina, infarto do miocárdio e a morte súbita.
Esportes de alta intensidade ficam reservados aos que têm a saúde plena pelas avaliações médicas e fisiológicas, porém seus benefícios para longevidade saudável não foram superiores a dos praticantes de esportes menos intensos. As nossas recomendações têm como objetivo o prazer do esporte e a saúde física e mental. Portanto, são elas: fazer avaliação médica focando a modalidade esportiva escolhida, dar dia de descanso entre os treinos, manter alimentação adequada para o exercício praticado, não trocar almoço para se exercitar, nunca praticar exercícios em jejum e manter um sono regular.

Photo by Rodrigo Soldon 2